sábado, 2 de maio de 2009

Para o Universo, sobre o Amor


(Beto Takai)

Quero explicar as estrelas
Que não existe mais graça
Observa-las sem pensar no teu olhar.
Quero conversar com a lua
E fazer que ela entenda
Que a sua realeza
Não é maior, nem mais bela
Do que tudo que sinto por você.
E ainda vou encarar o sol
Provar que o calor por ele emanado
É uma simples brisa
Comparado ao calor que nasce de mim
Quando fico perto de você.

Não se pode explicar as normais
Um sentimento que é louco por definição!
Qual lua, qual sol, quais estrelas...
Qual nada!
A alegria da vida és tu amado
A alegria da vida é poder te contemplar
Viver eternamente, infinitamente
Dentro de ti.
Ainda que por quase um segundo
Eu pense que você possa me deixar,
E a dor colocar fim a minha
Existência sem sentido,
Ainda assim,
Nada pode tirar do coração
A minha parte vital,
A mais nova
E eterna inspiração
O meu único, eterno e verdadeiro amor
Que não se pode explicar aos normais.

3 comentários:

renandiario disse...

Gostei desse! =x

Phelipe Keoma disse...

Gosteeii ^^

Phelipe Keoma disse...
Este comentário foi removido pelo autor.